POLITICA Sansão Machava

Renamo falta no diálogo político

Tal como o seu líder já havia prometido, a Delegação da Renamo não se fez presente ontem, segunda-feira, no Centro de Conferencia Joaquim Chissano, onde decorriam as negociações com o governo.

Fontes próximas do partido, garantiram a Moz Massoko que a Delegação da Renamo foi ordenado pelo seu líder, Afonso Dhlakama, a gazetar o encontro.

Segundo avançou a Rádio Moçambique (RM), o chefe da delegação do governo, José Pacheco, disse que a Renamo é um partido que não respeita a legislação moçambicana.

“Este caminho, que a Renamo está a tomar, surpreende-nos. Mas continuamos esperançados para que os nossos compatriotas filiados na Renamo possam estar alinhados com os mais altos interesses da Nação, para o progresso de Moçambique, e para o bem-estar dos moçambicanos”, disse Pacheco Citado pela RM.

Veja também:

“Paulo Machava não foi assassinado por falar demais” diz Muchanga

Castel Branco chora ao falar de Armando Guebuza

Afonso Dhlakama vai expulsar Governadores e Administradores

Pacheco explicou ainda que a delegação do governo decidiu comparecer na sede do diálogo pelo facto de não ter recebido nenhuma carta formal manifestando a indisponibilidade da Renamo de participar no encontro, mesmo depois das várias diligências feitas, como tem sido prática entre as partes.

Sobre o autor | Website

Editor chefe do Moz Massoko, empreendedor digital, Trabalho também com marketing de afiliados, nos tempos livres gosto de aprofundar os meus conhecimentos sobre internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.