CELEBRIDADES MOCAMBICANAS NOVIDADES Sansão Machava

O escritor moçambicano Mia Couto é finalista do Man Booker International

O escritor moçambicano Mia Couto é um dos 10 finalista do Man Booker International.

O Prêmio Internacional Man Booker (Man Booker International Prize) é um galardão literário internacional atribuído de dois em dois anos a um autor de ficção vivo de qualquer nacionalidade, com obra publicada em língua inglesa, original ou traduzida.

O prêmio, patrocinado pelo Man Group em 2005, complementa o Prêmio Man Booker, procurando destacar a influência de um escritor no campo da literatura. Assim, o prêmio é um reconhecimento do trabalho pessoal, e não de uma obra sua em particular.

Mia Couto1

Além de Mia Couto, estão a concorrer mais 3 escritores Africas. E é pela primeira vez desde a criação do Man Booker International, em 2005, que quatro escritores africanos estão entre os dez finalistas do prêmio literário britânico, cujo vencedor será anunciado esta quarta-feira.

Nas demais edições, de 2005 a 2013, apenas outros três autores do continente concorreram: em 2005, o egípcio Naguib Mahfouz, vencedor do Nobel em 1988; o nigeriano Chinua Achebe, único a ser laureado; e em 2009 o queniano Ngugi wa Thiong’o, confirmado na edição deste ano da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip).

Na edição de 2015, estão na lista Mia Couto, o congolês Alain Mabanckou, o líbio Ibrahim Al-Koni e a sul-africana Marlene van Niekerk. Vêm de Áfricas bem diversas. Apenas Mabanckou é negro.

Sobre o autor | Website

Editor chefe do Moz Massoko, empreendedor digital, Trabalho também com marketing de afiliados, nos tempos livres gosto de aprofundar os meus conhecimentos sobre internet Marketing.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.